Conforme o dicionário Vindima é: substantivo feminino Colheita de uvas. Uvas colhidas. O tempo da colheita das uvas.
Pois bem, este período está se aproximando no Vale dos Vinhedos e região vinícola dos nossos vizinhos, mas Bento, Monte Belo, Garibaldi e região dos vinhedos, no Rio Grande do Sul, são interessantes o ano todo. Em 2021 estive na região no inverno e também agora no verão. E, ficam aqui algumas dicas para curtir e aproveitar os lindos lugares, as histórias familiares e também os vinhos e espumantes, claro.
Ah, sempre lembrando que as dicas que vou dar aqui foram desvendadas por mim através da amiga Carol Pandolfo (que é a rainha de Bento e região), uma sommelier de mão cheia e um amor de pessoa e também pelo perfil @inexperiencia, Jana Azevedo e Aline Zagonel, que me convidaram para um final de semana incrível.
 
Monte Belo do Sul
Uma minúscula cidade em território e quantidade de habitantes (apenas 2.600 pessoas) mas gigante em história e um tesouro cultural no que se diz respeito a vinicultura.
A dica é pegar a estrada do Vale dos Vinhedos e seguir as placas. Escolha um dia de sol, dirija devagar e ao longo do caminho decida onde parar, o que visitar e onde almoçar.
 
Somacal – um dos melhores licores que já provei na vida, vinhedos próprios e em 2019 lançados os primeiros rótulos dos vinhos e dos Licores Splendore. A marca Splendore sempre esteve ligada à história da Somacal, Firmino Splendor, fundador da marca e grande nome da enologia brasileira, é tio-avô do Diego, casado com a Grazi, que apresenta a degustação dos vinhos da casa.

Francesco Trattoria – Um casarão antigo, lindo e com a vista da Igreja de São Francisco de Assis contornam a pequena praça. O tempo parece ter parado, mas a modernidade chega nos pratos apresentados à mesa e na harmonização dos vinhos locais.

Casa Olga – eu não consegui ir, estava fechado, mas vou dar a dica aqui porque a Carol Pandolfo fala sempre muito bem deste lugar. Memória afetiva, mesa farta e muito sabor com frutas e verduras colhidas da horta, receitas antigas e os vinhos da região, claro.

 

Casa Marquês Pereira – Ao lado da igreja de Monte Belo do Sul tem uma escadinha discreta e em frente um lindo jardim de lavandas. Entre, sem pressa. A casa antiga, a decoração é moderna, há recados charmosos nas paredes e há também a degustação dos rótulos da vinícola.

Cuvée – já em Bento, no Vale dos Vinhedos, mas no caminho de Monte Belo este Wine Bar é uma graça. O atendimento é incrível e o lugar foi criado para celebrar o vinho nacional. Um dos atrativos é a Wine Emotion que, com oito torneiras, propicia uma experiência ainda mais interessante, pois a gente pode escolher os rótulos a serem degustados em taças.

Bento Gonçalves

Aqui vou fazer um tour pelos lugares que visitei com a Carol e também desbravei sozinha em outra oportunidade.

 

Garbo – Enologia criativa.  Amigos que viraram sócios e apresentam seu vinhos (cheios de personalidade) em degustações que podem ser feitas no balcão da linda loja ou ao ar livre, em frente a casa colorida. Claro, fomos de degustação na rua, às 10h da manhã, para começar bem o dia.

Vinícola Don Giovanni – Lugar para passear, para só almoçar, para fazer piquenique em meio aos girassóis, para se hospedar e curtir bons momentos, ou apenas para  pedir uma garrafa de espumante brut rosè e deitar na grama, nos charmosos pallets que existem nos jardins.

Família Geisse – dedique aqui um pouco mais do seu tempo. Tem degustação, tem passeio 4×4, tem vinhedos lindos, tem loja e tem um lounge que é um charme só. Almofadas jogadas na grama, recantos incríveis, cardápio espetacular (prove as empanadas ou o queijo brie com mel) e os vinhos e espumantes da Geisse. Ah, e tem também um dos conceitos mais bacanas que vivi: aqui tudo pode, você está na Geisse.
Enjoy!!
Tubuna 750 – um novo espaço do Chef Rodrigo Bellora em Bento Gonçalves. Um lugar aberto, moderno e cheio de charme. É uma padaria, mas serve almoço, pizzas e tem produtos tipo uma mercearia. Ah, não deixe de visitar o banheiro. Quando um lugar cuida do banheiro é porque a cozinha é ainda mais bem cuidada, pode apostar.
Cinco Cepas – Outro Wine Bar em Bento, mas este com a assinatura da Família Geisse. Espaço na rua e mesas internas com tábuas de frios e os vinhos e espumantes mais renomados. Tem que visitar.
Filó Café – Sabe café da manhã da casa da vó? então, é lá que você vai encontrar. Além de tortas, bolos, chás e aquelas receitas afetivas, tem um lindo espaço na rua para aproveitar.
Larentis – Vale também aqui se demorar, a vinícola oferece piquenique e experiência em meio aos vinhedos. E, quando digo em meio aos vinhedos, quero dizer no meio mesmo. Tem um balanço lindo também, que rende momentos de volta à infância e aquelas lindas fotos.
Ah, mas se você for esperto mesmo não vai seguir este roteiro à risca, permita-se errar o caminho, pegar estradinhas de chão e sem sinalização e descubra cantos, recantos e achados como essas igrejinhas, pequenas lojas, flores e pessoas simples que vivem a suas vidas à sombra das árvores com o ar do Vale dos Vinhedos.